domingo, 8 de julho de 2012

Enquanto eu puder ouvir tua voz.
Enquanto tuas mãos me tocarem.
Enquanto teus braços me envolverem.
Enquanto teu olhar mexer com as batidas do meu coração.
Enquanto eu me arrepiar com tua aproximação.
Enquanto a distância entre nós causar dor.
Enquanto ainda existir o amor.
Tudo basta.
Tudo passa.
Tudo muda.
Tudo suporto.
Com tudo me importo.
E se algum dia ainda restarem incertezas
estarei ao seu lado pra dizer
que sem seu amor tenho certeza
que de nada valeria viver



Nenhum comentário:

Postar um comentário